Artigos

Preparação do local

Você já está pronto para dedetizar? Neste artigo, vamos explicar um pouco sobre a correta preparação do ambiente e os cuidados prévios adequados para um serviço mais eficaz. Logo de início, no primeiro momento, devemos falar sobre as características do local a ser dedetizado. Compreenda que você é a pessoa que melhor conhece o ambiente, portanto, quanto mais características e detalhes a serem informados, melhor. Informe, por exemplo, sobre a existência de depósitos, armazéns, locais de pouca circulação, ambientes com maior incidência de pragas, etc.

Após o primeiro contato telefônico com a identificação do ambiente, é a vez da equipe se preparar, já no local da aplicação do veneno. Nesse momento, uma pequena “ajudinha” pode ajudar no trabalho em caso de algumas pragas como formigas, por exemplo. Deixe que as pragas fiquem aparentes onde elas costumam ficar. Restos de alimentos e migalhas expostas atraem e auxiliam na percepção dos técnicos, que podem traçar a rota das invasoras.

Ao contrário do que se pensa, o ideal é que a limpeza dos ambientes seja realizada no dia que antecede a dedetização. Dessa forma, os locais que receberão o produto em spray terão menos poeira e como consequência, uma melhor fixação. O mesmo acontece com os venenos em gel. Após a aplicação, recomenda-se pelo menos 48h sem nenhum tipo de intervenção pesada, apenas com pano úmido, auxiliando na secagem completa.

Ainda falando em ambientes como cozinhas, é importante que armários e gavetas sejam esvaziados, evitando o contato do produto com utensílios domésticos, talheres, etc. O mesmo alerta deve ser observado em casos de dedetização em armários de quartos ou gaveteiros de escritórios em casos de traça. Além de evitar que o produto químico entre em contato com roupas e objetos pessoais, uma superfície de contato mais livre facilita a aplicação do produto e aumenta sua eficácia.

Não se esqueça de comunicar previamente todos que residem ou trabalham no local a ser dedetizado. Além de atrasar o serviço e postergar resultados, algumas falhas na comunicação podem ser prejudiciais caso existam pessoas mais sensíveis ao veneno, idosos, ou mesmo empregados que necessitam retirar seus pertences dos móveis, por exemplo.

Animais domésticos também devem obedecer às mesmas recomendações. Durante o período de aplicação e secagem do produto, recomenda-se que sejam mantidos afastados do local. Após a conclusão dessas etapas, os animais podem ser soltos tranquilamente, uma vez que os produtos aplicados em spray já terão cristalizado e não poderão ser removidos pelos pets, mesmo com auxílio de água ou suas lambidas.