Combate a escorpiões

O controle de escorpiões é um assunto polêmico no ramo de controle de pragas e a Dedetizadora Brasil percebe que os clientes, em geral, têm muitas dúvidas e informações desencontradas sobre o assunto. Há diferentes indicações por parte tanto das empresas especializadas no combate à pragas quanto dos órgãos reguladores da saúde pública, o que aumenta o nível de confusão e até desconfiança nos consumidores.

O principal fator de confusão é causado por controladores de pragas que indicam que o combate de baratas também atinge a população de escorpiões. Isso não é verdade! Os escorpiões podem ser atraídos para onde há baratas, porque eles se alimentam delas. Outra história contada é a de que, ao controlar as baratas, o escorpião fica sem alimento e acaba morrendo. Isso é um mito! Escorpiões podem viver por até seis meses sem alimento e consumindo pouca água. Portanto, mesmo que existam poucas baratas no ambiente, em seis meses certamente o escorpião encontrará alguma forma de alimento ou o mais comum: após seis meses, a população de baratas já voltou a infestar a região.

bandeira escorpiao media

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por parte dos órgãos reguladores também há divergência. Em contato com funcionários do governo, vários clientes já obtiveram a informação de que não devem fazer dedetização contra escorpiões, pois o combate não é efetivo e tende a "irritar" os escorpiões, desalojando-os e aumentando a probabilidade de acidentes. A divergência está no fato de que apesar dessa orientação, existe um produto usado pela Dedetizadora Brasil que é registrado e aprovado no Ministério da Saúde para o combate a escorpiões. Esse produto, além de controlar a praga, tem uma característica muito importante: ele é indetectável pelo aracnídeo.

O produto age sobre os receptores elétricos do sistema nervoso do escorpião, mas de forma gradual, evitando que ele perceba a intoxicação. Assim, o escorpião não tem o comportamento arisco, o que minimiza a possibilidade de ataques. Vale lembrar que é normal em um local em que foi feita aplicação desse produto que, nos primeiros dias, ainda sejam encontrados escorpiões vivos, mas eles debilitados, com comportamento “estranho”, geralmente mais retraídos, com suas pinças mais próximas ao corpo, como se estivessem com dificuldade de mantê-las eretas.

Para obter o registro ao combate a escorpiões a fabricante do produto teve que demonstrar a sua eficácia contra a praga, em testes de laboratório.

Em suma é possível sim controlar escorpiões, sem o aumento no risco de acidentes desde que sejam utilizados produtos eficazes da maneira correta.

Se você quiser mais informações entre em contato com a Dedetizadora Brasil pelo (61) 3041-3456. Ficaremos felizes em orientá-lo e em sanar quaisquer outras dúvidas que você ainda possa ter.

Política de PrivacidadeTermos de Uso • Dedetização com a Dedetizadora Brasil


Licença VISA DF nº SIS-0014-002 • CLN 314 bloco C Salas 209 210 - Brasília DF

(61)3041 3456
3041 3457

 

24H

9676 6209